É de suma importância este dia para a conscientização desta doença. Doença silenciosa, sem cura e que se não tratada gera graves comprometimentos visuais.

O glaucoma é caracterizado por uma neuropatia, ou seja, doença do nervo óptico. Este é responsável por captar as informações oculares e levá-las ao cérebro, para que a visão seja processada.

Quando o glaucoma se apresenta existe uma perda na camada de fibras nervosas, deste nervo. Isso leva a um dano visual que se inicia pelo comprometimento das imagens periféricas.

Existem vários tipos de glaucoma, mas o mais incidente deles é o glaucoma primário de ângulo aberto que acomete principalmente pessoas idosas, de raça negra e/ou com antecedentes familiares da doença.

A conscientização é primordial pois se trata de um problema assintomático, ou seja, quando o paciente tem sintomas a doença já está muito avançada.

Vamos todos nos atentar para alterações oftalmológicas silenciosas, como o Glaucoma, e realizar consultas oftalmológicas no mínimo anualmente.

 

Drº Alfonso Erik Doi Nomura