O câncer colorretal (ou do intestino grosso) é uma das neoplasias mais comuns em todo o mundo. No Brasil, ele é o segundo tumor que mais acomete mulheres e o terceiro em homens. Por estes motivos, o mês de março foi escolhido para ser o marco do combate à doença.

Segundo o Dr. André Wada, gastroenterologista do HNA, os casos precoces podem começar como pólipos não malignos. Estes, não costumam apresentar sintomas, mas podem ser detectados por exames.

“A Colonoscopia é o principal exame para rastreamento do câncer de intestino, pois, além da vantagem de permitir a identificação dos pólipos pré cancerígenos, possibilita a sua retirada no mesmo procedimento, o que é essencial para a prevenção da progressão para o Câncer de Cólon”, alerta o especialista.

Recomenda-se começar o rastreamento a partir dos 50 anos ou antes, se houver casos na família.

A Colonoscopia é o único exame capaz de prevenir o Câncer de Cólon em todos os segmentos. Previna-se!

 

Veja abaixo alguns dos sintomas neo cólon:

– Alteração do hábito intestinal, incluindo diarreia ou constipação;

– Fezes finas;

– Sangramento retal ou fezes com sangue;

– Excesso de gases e cólicas abdominais;

– Dor abdominal recorrente e persistente para evacuar ou sem conseguir evacuar;

– Perda de apetite;

– Anemia, fadiga;

– Perda de peso sem fazer dieta.