No século XIX a tuberculose era chamada de “le mal du siècle” (o mal do século) por seu alto índice de mortalidade.

Koch, em 1882, descobriu o agente causador da doença (Mycobacterium Tubercolosis) possibilitando uma nova maneira de se buscar a cura, mas somente em 1943 foi descoberto o primeiro antibiótico eficaz para tratamento da tuberculose.

A vacina BCG, que protege contra as formas graves de tuberculose, foi introduzida como prevenção a partir de 1921 e em 1948, a ONU e a OMS criaram a “Campanha Internacional da Tuberculose”, apoiando a vacinação mundialmente.

No Brasil, o tratamento para tuberculose e a vacina BCG estão disponíveis para toda a população.

Com 70 mil novos casos ao ano, ainda é um problema de saúde pública, seja pela falta de aderência ao tratamento, seja por sua associação com questões sociais, já que prevalece em populações mais vulneráveis como moradores de rua, população indígena ou em pessoas que vivem com o HIV.

Se você apresenta tosse há mais de três semanas, suores noturnos, emagrecimento, fadiga ou febre sem causa, procure um serviço de saúde.

A tuberculose tem cura.

 

Fontes: https://www.york.ac.uk/media/history/documents/globalhealthhistories/pdf/TB-A%20Short%20History.pdf Acessado em 22/03/2019;

http://www.revistahcsm.coc.fiocruz.br/tuberculose-na-historia-e-no-presente/ Acessado em 21/03/2019;

http://portalms.saude.gov.br/saude-de-a-z/tuberculose Acessado em 22/03/2019.